26 de set de 2010

"A saudade é o amor que fica".

22 de set de 2010

Sem vontade...

Ou melhor: com vontade de ficar quieta.

25 de ago de 2010

Eu e a outra

Moça diante do espelho - Picasso



        O que eu tenho de melhor eu não guardo, compartilho. Amor pelas pessoas, amizade sincera, carinho gratuito, abraço apertado, olhar compreensivo, sorriso aberto.
        O que posso dar, distribuo sem economia: palavra doce, ombro amigo, lágrima solidária, companhia alegre... ou triste, mas presente.
        Defeitos, tenho muitos... Uns que sei, outros que nem sei, mas todos esses eu escondo. E faço uma força danada!  Pra que mostrar, ficar alardeando aos quatro cantos o lado B? O mundo já está cheio de gente que estampa seu lado pior em outdoors mentindo, trapaceando, traindo a confiança, sendo grosseiro, insensível, intolerante, preconceituoso, pisando em cima, machucando, ignorando, olhando somente para o seu umbigo.
        Se há que mostrá-lo, prefiro que seja a mim mesma, em frente ao espelho, face a face, apresentando uma, à outra que não é perfeita.
        E assim, neste exercício de conhecimento e reconhecimento, ficamos as duas, cara a cara... uma sem máscara, a outra sem vaidade. Nesse momento, percebo que é a mistura das duas que me completa... e me torno uma pessoa melhor... todo dia... diante do espelho.

21 de ago de 2010

Poema devolvido


Pensas que és homem, mas és menino...
Um doce menino-gigante!
Com certeza, tivesses escolhido,
tinhas nascido em noite de lua cheia,
pois em ti, tudo é hiper, é over, é Max:
tamanho, beleza, carisma e afeição
gentileza, travessura e certezas...
De que o amor é lindo e a vida... uma festa!
A festa do Max!

Teu sorriso largo, por vezes, parece
esconde um coração machucado...
Mas se dói...
de onde vem tanta doçura, menino?
Tua alegria que sempre me contagia,
espanta uma certa melancolia...
Mas quero que saibas:
tua presença é sol, é girassol
É luz, é cheiro de bem-querer...
Tua amizade, pra mim, não tem preço!

Hoje, sou eu que devolvo
um poema de verso tão lindo:
"Enfim, teu nome me diz
coisas lindas aqui dentro do meu coração!"
E o teu... o teu também me diz!






Para um querido amigo que há 20 e tantos anos atrás me presenteou com este singelo e lindo poema e eu prometi que um dia devolveria o carinho.... aí está! 












8 de ago de 2010

Meu pai em mim...


Imagem tirada de: be-fontedepalavrasmouras.blogspot.com

Pai, não te tenho mais diante dos meus olhos, mas quando fecho os meus sinto a doçura dos teus. Toda a doçura do mundo eu conheci no teu olhar. E toda paciência, e toda tranquilidade... Meu mundo é doce porque teu amor encharcou minha alma. E de mim agora exala o perfume que teus beijos carimbaram, espalhando por todo lado o aroma do bem querer...
Continuidade... o teu amor que através de mim se expande... teu exemplo tatuado nos meus gestos e nas minhas atitudes multiplicando por onde passo tudo de bom que me ensinastes...

18 de jul de 2010

O que me aquece...


Não sei se é porque hoje está frio e nestes dias, em especial, a gente percebe melhor o que nos aquece...
Voltar pra casa, cachorro abanando o rabinho feliz com a minha volta, telefonema da Lu, beijo do filho que dormiu fora, almoço com a família reunida, risadas à mesa, conversinha boba com amigos no Facebook, um gesto de carinho e um sorrisão como resposta e um sentimento de que está tudo como deveria estar.
 Hoje, isso tudo aqueceu minha alma... E o domingo ainda está pela metade...
Então, pode até nevar lá fora porque aqui, dentro de mim, é verão!

13 de jul de 2010

Saudade



Como quando se tira um vestido velho do baú,

um vestido que não é para usar,

só para olhar.

Só para ver como ele era.

Depois a gente dobra de novo e guarda

mas não se cogita em jogar fora ou dar.

Acho que saudade é isso.





7 de jul de 2010

O melhor lugar do mundo


Um ponto de partida
e no meio do caminho - você!
Com seu olhar desconcertante
me idolatrando sem que eu saiba por que...

Um ponto de chegada
e no final do destino - você!
Com seu olhar paciente
me esperando sem perguntar, por quê?

E nas minhas idas e vindas
nenhuma dúvida: é você!
O melhor lugar do mundo
e eu sei bem porquê!

1 de jul de 2010

Que seja doce...


 
Que seja doce...
O que sai de sua boca
O olhar que você atrai
O sorriso que lhe escapa
O brilho da sua aura.

Que seja doce...
o seu amanhecer
O sono, o sonho;
A canção da sua vida
O escrito no bilhete
A lembrança naquela foto.

Que seja doce...
A lágrima que cai
A saudade que vem e vai
O abraço inesperado
Uma, duas... tantas amizades.

Que seja doce...
A busca
A rotina
E até mesmo o momento
que por hora desatina.

Que seja doce...
Todo filho deveria ter
localizador GPS,
tecla pause,
amortecedor de impacto
e futuro garantido nas opções:
iluminado, brilhante e cintilante.

24 de jun de 2010

"Das habilidades que o mundo sabe, essa ainda é a que faz melhor: Dar voltas.''
José Saramago 



Nada na vida é definitivo.
O mundo dá voltas...a vida anda em círculos... tem altos e baixos... o que vai, volta... 
Quer mais?
Cometemos os mesmos erros, gostamos e desgostamos... tornamos a gostar.
Quem está longe pode voltar, o sonho vira pesadelo ou vice-versa, o menino vira homem - ou menina, quem sabe?
O hoje vira passado e o futuro sempre chega.
Tudo passa... raiva, amor, alegria, tristeza; só não passa saudade que não é matada.
O que esquenta, esfria...  embora, nem tudo que esfria possa ser requentado... (poder até pode, mas o  sabor nunca mais é o mesmo...).
Hoje sou eu, amanhã pode ser você...
O choro engole o riso e este estanca o outro.
A mágoa afasta, um abraço a recompõe. Hoje sou assim e amanhã... serei? 
Não sei... 
"No balanço das horas tudo pode mudar"...

23 de jun de 2010

Mulher de Aquário - Vinícius de Moraes

 

Imagem retirada do site: www.hakonsoreide.com

"Se o que se quer é a boa esposa A aquariana pousa.
Se o que se quer é uma outra coisa
A aquariana ousa.
Se o que se quer é muito amor
A aquariana
É a mulher macho sim senhor.
Porém não são possessivas
Nem procuram dominar
Ou são meigas e passivas
Ou botam para quebrar."

http://wwwrespingosadelia.blogspot.com/

22 de jun de 2010

Primeira Conversa


Quero andar devagar, mas o tempo não deixa. Vive nas minhas costas me empurrando pela vida...
Quero andar no meu tempo, sem pressa de chegar. Passear prazerosamente pelos dias curtindo os caminhos por onde os meus passos vão me levar. 
E você? Vem comigo com Fabular?